Histórico
Publicadores
Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP(888)Universidade Federal do Rio Grande do Sul(441)Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Estudos da Linguagem(343)Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFRN(198)Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação(142)Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Filosofia e Ciências Humanas(131)Universidade Federal da Bahia(107)Biblioteca Digital da Fundação Getúlio Vargas(99)Universidade Federal de Uberlândia(98)Universidad de Chile; Universidad de Chile. Programa Cybertesis(90)Biblioteca Digital Jurídica do Superior Tribunal de Justiça do Brasil(86)Universidade Federal de Santa Maria(86)Universidade Federal do Ceará(85)Universidad de Huelva(84)Universidade do Estado do Rio de Janeiro(68)Universidad Complutense de Madrid, Servicio de Publicaciones(62)Universidad de Chile; Programa Cybertesis(61)Universidade de Lisboa(61)Universidade do Vale do Rio do Sinos(58)Universidade do Vale do Itajaí(45)CIES-ISCTE / CELTA(44)Universidade do Minho(42)[s. n.](42)Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação(38)Universidade Federal de Juiz de Fora(38)Universidade dos Açores(37)Universidade Aberta de Portugal(36)Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Artes(35)Universidad Nacional de Educación a Distancia(33)Universidade Católica de Pernambuco(33)Departament de Psicologia Social. Universitat Autònoma de Barcelona(33)Programa Cybertesis(29)Universidade Aberta(29)UFPB(29)Universidad Autónoma de Bucaramanga(28)Edições Universidade Fernando Pessoa(28)Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas(27)Universidad Autónoma del Estado de México(27)Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Estudos da Linguagem(25)Universidade Complutense de Madrid(23)Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Ciências Médicas(23)Asociación Venezolana de Sociología(20)Madrid(19)Biblioteca Virtual de Derecho Aragonés (19)Universidad de Salamanca(19)
Tipos
5049 items encontrados em 0.19777 segundos
3.
Universidad Autónoma del Estado de México
Artículo científico:
Publicado em 2002.
Internacional
Relevância na pesquisa:
100%
Discurso político venezolano, personalización de la política, autoritarismo,análisis del discurso, semántica, pragmática.
4.
Universidad Autónoma del Estado de México
Artículo científico:
Publicado em 2002.
Internacional
Relevância na pesquisa:
100%
Discurso político venezolano, personalización de la política, autoritarismo, análisis del discurso, semántica, pragmática.
5.
Universidade Aberta
info:eu-repo/semantics/conferenceObject:
Publicado em 2002.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
6.
Universidade Aberta
info:eu-repo/semantics/conferenceObject:
Publicado em 2002.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
7.
Celi Regina Jardim Pinto
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Documento:
Publicado em 2005.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
Esta tese examina o conjunto dos pronunciamentos da bancada do estado do Rio Grande do Sul no Congresso Nacional brasileiro no período compreendido entre 1995 e 1999. Analisa como essa bancada constitui o Rio Grande do Sul e qual é a presença e o funcionamento de um discurso político gaúcho sobre o Rio Grande do Sul nestes pronunciamentos e na atuação desta bancada, na sua relação com a esfera federal. Há, no Rio Grande do Sul, um modo historicamente singular de fazer política, um modo a partir do qual constitui-se um discurso do Rio Grande do Sul sobre o Rio Grande do Sul, mais especificamente, um discurso político gaúcho que ressignifica e reatualiza permanentemente as tradições e a história política do estado, construindo e reconstruindo, dessa forma, uma posição particular do Rio Grande do sul em relação ao restante do país no seu modo de fazer política. Este estudo pretende ser uma contribuição para a compreensão...
8.
Benzi Zenteno, Ives; Facultad de Filosofía y Humanidades; Departamento de Filosofía
Universidad de Chile; Universidad de Chile. Programa Cybertesis
Documento:
Publicado em 2007.
Espanhol
Relevância na pesquisa:
100%
El desarrollo de este trabajo muestra el proceso de posicionamiento del Discurso Filosófico Político de la Modernidad, a través de sus huellas, de sus puntos de fundación permanente y dinámica (en despliegue constante).En el reconocimiento y reconstrucción de sucesivos pasos-momentos, donde la conceptualización filosófica fue armando el tramado, la estructura significativa que sostiene la apuesta de la Modernidad.
9.
Eni Puccinelli Orlandi; Suzy Lagazzi-Rodrigues; Anna Maria Grammatico Carmagnani; Luiz Antonio Ferreira
Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Estudos da Linguagem
Documento:
Publicado em 2001.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
Este estudo apresenta uma reflexão sobre o discurso do Marketing Político americano da Guerra Fria centrada na mistificação da imagem do presidente John Fritzgerald Kennedy e na mídia como lugar de enunciação, a partir dos dispositivos teóricos da Análise de Discurso de escola francesa. A definição deste objeto de estudo se deu a partir de um longo percurso, no qual buscamos compreender o discurso fundador americano desde o processo de colonização da América, para discutirmos como funciona a própria discursividade americana no processo de heroicização e mistificação da nação, como uma marca mitologizada do discurso imperialista americano que constrói e preserva a própria hegemonia americana. O corpus analisado é constituído pelo discurso do Marketing Político americano da Guerra Fria, que trabalhou a imagem de John F. Kennedy de 1946 a 1963 e que teve a mídia como um dos seus principais lugares de enunciação....
10.
Universidade do Minho
article:
Publicado em 2005.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
O presente estudo debruça-se sobre alguns dos aspectos que definem o discurso de opinião enquanto tal, que o enquadram e delimitam. Concentra o foco da sua atenção no discurso de opinião de cariz político na comunicação social escrita, fenómeno marcante nestes tempos de mediatização da vida pública. Tal mediatização encontra nos grandes jornais nacionais o local estratégico da constituição do discurso político-social. Eles substituem frequentemente as instâncias oficiais, dando voz e acesso directo à opinião pública aos políticos eleitos e aos diversos porta-vozes e líderes de opinião mais ou menos formalmente instituídos; assumem-se como entidades de re-criação do real, constituindo, ao nível sócio-político, uma rede de poderes, e ao nível linguístico uma pluralidade de modos de significação, de códigos e de competências; consagram os seus agentes como interventores privilegiados na relação do cidadão...
11.
Ricupero, Bernardo; Ferreira, Gabriela Nunes; Schwarcz, Lilia Katri Moritz
Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Dissertação de Mestrado:
Publicado em 2009.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
Este trabalho tem como objetivo pesquisar o discurso político produzido pelo Estado Novo, sobretudo pelo seu órgão publicitário mais importante: o Departamento de Imprensa e Propaganda DIP. Ligado a isso, realiza-se também uma discussão conceitual sobre o papel das classes trabalhadores neste momento e seu relacionamento com o Estado, mostrando como elas inicialmente apareceram na literatura como agentes passivos ou massa, passando posteriormente a serem vistas como atores conscientes de suas ações. O trabalho realiza igualmente uma análise do discurso estadonovista, no qual se percebe como as imagens correntes do regime e a relação do Estado com a sociedade, foram elaboradas e debatidas por intelectuais ligados diretamente ao governo, numa revista oficial, a Cultura Política. Por fim, examina-se como esse discurso se tornava mais palatável, quando o Estado se dirigia diretamente às classes trabalhadoras, como nas festas de...
12.
Universidade Aberta
info:eu-repo/semantics/bookPart:
Publicado em 2005.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
13.
Freda Indursky
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Documento:
Publicado em 2001.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
Esta dissertação trata da análise do discurso pedagógico do Movimento dos trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Metodologicamente, o texto está dividido em três partes. Na primeira parte, é apresentado o quadro conceitual da Escola Francesa de Análise de Discurso, a qual fundamenta a análise. A segunda parte do trabalho trata dos procedimentos metodológicos que sustentam e organizam a análise do corpus discursivo. A terceira parte examina o funcionamento do discurso pedagógico, particularmente, o funcionamento que faz desse discurso, um discurso diferente em relação ao discurso pedagógico dominante: a inserção do discurso-outro (o discurso pedagógico dominante, o discurso da Educação Popular e o discurso político do MST) no discurso de referência; o estabelecimento de redes de filiação de sentido com discursos marginalizados, ¿abafados¿ pelo discurso pedagógico dominante; a ruptura com o discurso pedagógico...
14.
Universidad de Quintana Roo
Artículo científico:
Publicado em 2003.
Internacional
Relevância na pesquisa:
100%
15.
Lenio Luiz Streck; Ronaldo Dias; Silvana Mabel Serrani-Infante; Eni Puccinelli Orlandi; Bethania Sampaio Correa Mariani
Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Estudos da Linguagem
Documento:
Publicado em 1998.
Português
Relevância na pesquisa:
100%
Neste trabalho busco compreender o funcionamento da resistência do sujeito enquanto possibilidade de mudança. Para isso, tomo o assentamento como meu espaço discursivo e a Análise do Discurso de linha francesa como meu referencial teórico-analítico. A partir de entrevistas realizadas com os assentados da Fazenda Ipanema, em Iperó (SP), analiso o discurso sobre a cooperativa no contraponto com o discurso da liderança do MST no assentamento. No percurso da análise, foi fundamental compreender que o espaço do assentamento delimita o fora e o dentro e que essa demarcação é discursivamente definida. Também, que não há coincidência entre o discurso do assentado e o discurso do MST, sendo que este último traz o político para dentro do assentamento. Na discussão do que é o político, critico a tipologização e mostro a necessidade de não reduzirmos o político à política. Foi igualmente importante compreender que a reflexão...